terça-feira, 27 de março de 2018

Debora garante presença em Marrakesh

Débora Saionara, natural de Gravataí, mas residindo em Viamão, vem conquistando títulos Estaduais e Nacionais no Taekwondo e a garantia de disputar o Gymnasiade em Marrakesh, no Marrocos.
Débora tem 16 anos, pratica Taekwondo desde seus nove anos de idade, através de um projeto na Escola Emef Vinte de Setembro, chamado "Mais Educação" com seu atual Mestre Vanderley Dorneles.
Trajetória desta atleta
Em 2013, entrou para a Academia AKAM KWANK , no qual seu professor é mestre juntamente com seu pai Luis Dorneles. Fazia treinos com o Professor Gabriel de Lima no horário infantil, profissional  que até hoje lhe auxilia, quando está competindo.
Em 2016, já com 14 anos conquistou a tão sonhada faixa preta.
Em 2017, começou a disputar campeonatos a nível nacional, classificando-se para o Grand Slam, que foi realizado em fevereiro no Rio de Janeiro.
A sua última competição, foi a Seletiva Nacional Escolar para o Gymnasiade, que é o Mundial Escolar no qual sagrou-se campeã, conquistando o direito competir em Marrakesh, Marrocos.
Nesta seletiva para o Gymnasiade, a delegação tinha seis pessoas, sendo quatro atletas e dois técnicos.
Os atletas eram Vinicius Salles de Guaíba na categoria até 45 kg, Wesley Almeida de Sapucaia do Sul na categoria até 48 kg, Victória Zollet de Parobé na categoria até  59 kg e a  Débora Saionara na categoria acima de 68 kg. Os técnicos eram Gabriel Bertotti e Vanderley Dorneles ambos técnicos da seleção gaúcha, na bagagem vieram duas medalhas,  de Prata com o Wesley e o Ouro com a Débora, que garantiu a vaga pro Mundial. Todos na categoria Juvenil de 2003 a 2001
Atualmente Débora faz uma média de nove treinos semanais, com seus parceiros da Akam Kwanki.
Segundo Débora, o Taekwondo é mais que uma competição, é uma filosofia, amizade, companheirismo e tudo mais, se sente muita grata por conquistar tudo que conquistou, não só medalhas mas amizades, momentos únicos e emoções inesquecíveis.
Viagem para o Marrocos
Agora o foco da Débora Saionara, é buscar apoio para a viagem ao Marrocos, ela sabe que mais uma vez, vai  precisar correr atrás dos seus sonhos com pedágios e rifas e outras formas de buscar recursos.
A viagem será paga, porém o taekwondo tem regras de proteções e doboks que tem que ser autorizados internacionalmente e mais uma extensa documentação.
Adicionar legenda